Manifesto

Manifesto da União da Juventude Socialista – Santos/SP

Julho/2013

 

Se há algo que a história não pode apagar é o peso que a juventude carrega no processo daquilo que se entende como transformação. Quem é jovem muda. Sempre mudou. No momento em que encara a primeira decepção, no instante em que solta a voz em um show ou na primeira vez que saboreia o gosto da liberdade. Ao calçar seu tênis, furado ou novinho em folha e sair nas ruas, ao encarar o medo e os desafios que a vida impõe, os jovens acabam por transformar. Transformam o sonho. Transformam o velho. Transformam o mundo.

Sem essa garra, seria impossível vislumbrar a luta pela construção de um mundo melhor, mais justo e soberano.

Impregnados dessa convicção revolucionária convidamos você para conhecer nossas ideias, debatê-las de maneira livre e franca. Apesar dos avanços do ultimo período, ainda temos muito a transformar e conquistar.

Queremos uma educação pública gratuita, de qualidade, com condições de acesso e, mais ainda, de permanência em todos os níveis de ensino – e que ela tenha como centro do seu projeto a democracia. Que o governo garanta para a educação pública e gratuita 10% do PIB para a educação.

Queremos também mais acesso à cultura, queremos um Estado que respeite a nossa diversidade, que não entenda a saúde pública como filas gigantescas de hospitais, mas sim como contínuo trabalho de prevenção, que este também entenda que sexualidade, gravidez precoce e aborto são sim questões de saúde pública.

Lutamos por uma mídia que respeite a pluralidade de ideias, que possa expressar os anseios da juventude brasileira, não uma mídia que só permaneça enriquecendo apenas sete famílias no Brasil.

Precisamos de mais empregos para os jovens, pois hoje milhares de jovens são levados ao mundo do crime organizado por falta de condições de sustentação material e, mesmo com as vagas oferecidas hoje no mercado de trabalho, a juventude não consegue se desenvolver.

Nós queremos mais do que apertar parafusos. Hoje, nas grandes periferias, milhares de jovens não têm acesso à educação, ao esporte, à arte e ao lazer. Sendo assim, muitos talentos ficam jogados no esquecimento. Nós, de verdade, queremos um mundo sem machismo, sem racismo e sem homofobia, queremos para nós tudo o que a nós diz respeito.

Contra nós estão aqueles que acham que nossa cultura pode ser enlatada, que nossa educação pode ser uma mera mercadoria ou a forma de nos ensinar a seguir ordens, que a política de juventude é o cassetete da polícia e que o nosso patrimônio nacional pode ser trocado por um passaporte para a Disneylândia. Esses mesmos tentam nos dividir a todo momento, dizendo que porque somos diferentes temos que ter sonhos egoístas. Eles nos dizem que somos o futuro e nos tiram do sonho presente. Nos querem conduzir, nos afastar de nossos sonhos.

E quem vai dizer para a juventude que sonhos são bobagens? Mudar era uma bobagem até o dia em que o primeiro estudante de Paris lançou a primeira pedra, em 68. Ou quando a coragem de Honestino Guimarães, refez a trajetória do movimento estudantil. Ou ainda quando milhares de  “caras-pintadas” alteraram o rumo da década de 90. Sem contar Olga Benário, Helenira Rezende, Luis Carlos Prestes e tantos outros jovens brilhantes da nossa trajetória de luta que acreditaram em seus sonhos e mudaram a concepção de uma época.

Tudo isso pode ser entendido e transformado se tiver em sua essência a busca pela felicidade. A luta por esse objetivo é uma prova máxima de que se pode ser jovem sempre. Em seus quase trinta anos de história, a UJS, todo o tempo, se manteve firme na busca da construção de um país melhor para todos, cientes de que a saída de fundo para os problemas do Brasil e do mundo está na luta pelo socialismo.

Nosso socialismo tem o jeitinho do Brasil. Não esmorece frente aos desafios e faz carnaval, mesmo após a quarta-feira de cinzas. Ilumina o peso que pesa a cada dia que passa. Não por menos, é a cara de mais de 50 milhões de jovens que existem hoje no país.

Vamos continuar #Nas Redes e nas Ruas, lutando pelo Brasil de nossos sonhos! Venha fazer parte, filie-se à União da Juventude Socialista.

 

Leia também o manifesto nacional: “Socialismo com a nossa cara”

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s